Podemos ser influenciados politicamente através das redes sociais?

As redes sociais revolucionaram a forma de como nos comunicamos. Uma vez que tínhamos apenas a televisão para dar-nos informação, e com esta não haviamos a liberdade de contestar a informação que estamos escutando, através das redes sociais podemos encontrar sobre codigo bonus Rivalo, ou sobre quem vai competir nos próximos campeonatos, ou alguns rumores sobre coisas que são interessantes para nós. Já podemos contestar caso não estejamos de acordo, ou apoiar se sim, através de emojis e comentários.

Desde que a política começou a fazer parte de nossas vidas, somos influenciados não somente pela televisão, mas também por nossos parentes e amigos por suas visões diferenciadas da nossa. Porém, desde que as redes sociais começaram a ser um instrumento de utilização comum pela grande maioria da população mundial, será que estas também nos influenciam a tomar decisões, mesmo se temos o direito de contestá-las e expor a nossa?

Codificação das redes sociais

Se você já parou para perceber, as redes sociais, através da inteligência artificial, tem o poder de mostrar-lhe apenas as propagandas que são do seu interesse,poderá notar também que apesar de uma pessoa obter diversos amigos, os posts que mais serão mostrados ao utilizador serão dos amigos mais próximo ou dos que você aponte maior interesse.

Este poder obtido é obtido através da codificação utilizada por seus programadores, e é realizada através de uma memória, a qual grava suas ações passadas e organiza por grupo. Por exemplo, se você ver muitos posts relacionados a futebol, terá uma maior chance de ver artigos relacionados a futebol em sua linha do tempo. 

O mesmo passa com a política, os posts que chegarão até você, serão os que estão relacionados a seu partido ou sua visão política em geral. A codificação é programada a oferecer-te novas opções relacionadas e testar o seu interesse, caso perceba que também é do seu interesse voltarão a ser mostradas, mas caso não, serão evitadas. O processo volta a se repetir com novos temas.

Patrocínios e posts pagos

Apesar de as redes sociais oferecerem um serviço gratuito para seus usuários, estas necessitam tirar seus lucros de alguma maneira.

A forma que lhes vem mais conveniente é através de posts pagos, estes que poderiam ser criados por você mesmo, por outra pessoa ou empresa. Quanto maior o pagamento, maior será o alcance desta publicação.

Ou seja, quando existe um post pago, este será capaz de influenciar-nos a comprar um produto, a escolher certo político, ou a crer em alguma informação em geral, através de posts comoventes, como fotografias de alguém realizando uma campanha de caridade por exemplo.

Em geral, através de certos posts, podemos ter uma visão distorcida da realidade. Seja ela o que o ângulo da foto está mostrando, ou até mesmo com a publicação de um bom ato, quando por trás das câmera esta pessoa ou instituição realiza diversos outros que talvez não fosse do seu agrado, porém não veem a ser publicadas.

As redes sociais são excelentes plataformas para debater opiniões e também aprender, no entanto não devemos limitar nossa fonte de informação apenas destas. É muito importante pesquisar a respeito do histórico de atividades do político que você deseja escolher e do seu partido. Sites de buscas são uma excelente opção para você buscar informações que você busca e não apenas o que chega até você.