Duas maneiras para influenciar politicamente na sociedade

Por diversas vezes ficamos insatisfeitos com decisões tomadas pelos líderes no parlamento, mas nos sentimos incapazes de ajudar ou de intervir na política do nosso país, ou meramente de nossa cidade ou povoado.

Seria uma excelente ideia se pudéssemos participar de mais decisões tomadas pelos políticos, com tamanha tecnologia que já adquirimos, poderíamos facilmente ter o direito de votar para mais decisões tomadas. Infelizmente não é possível pois isso não é muito conveniente para os políticos. No entanto, existem diversas maneiras onde podemos intervir na política e isso não quer apenas dizer que para isso você precisa ser um candidato a presidente da república.

Neste texto vamos te ensinar a participar mais nas decisões tomadas para o nosso país e quem sabe sugerir sua própria proposta de lei. As ideias propostas neste artigo são de fácil acesso e qualquer adulto  o melhor de tudo é que você já pode começar a participar mais a nível social em sua comunidade a partir de hoje mesmo!

Sugira uma lei

Muitas vezes ficamos insatisfeitos com as leis adotadas por nosso novo governo. Mas você sabia que você também pode sugerir uma lei? É isso mesmo, o portal E-cidadania no site do senado oferece a qualquer cidadão adulto ou organização de membros civis a oferecer uma proposta de lei.

O processo é muito simples, basta acessar o portal E-cidadania e enviar a sua proposta de nova lei, ou correção de uma já existente. Sua proposta fica aberta para acesso público e caso obtenha 20 mil suportes em um prazo total de 4 meses, a sua lei será encaminhada para debate pelos senadores, com supervisão da Comissão de Direito Humanos. Caso a sua proposta seja aprovada, será então encaminhada para o Senado e será nominada como um novo projeto de lei.

No caso de sugestões de leis com a finalidade de ser enviada para a Câmara dos Deputados o processo é o mesmo, no entanto a Câmera só aceita propostas enviadas por organizações civis, tais como ONGs e sindicatos.

Crie sua própria ONG

Organizações não governamentais (ONG) se identificam por serem organizações privadas responsáveis por realizar atividades que tenham um interesse benéfico social, no entanto sem receber auxílios públicos do governo. Uma ONG poderá ajudar socialmente através da criação de projetos para acabar com a fome, combater a natureza, resgatar animais em risco das ruas, ou adoção de crianças órfãs.

Está claro que criar uma ONG e ter as condições de mantê-la pode ser uma tarefa muito difícil, no entanto você pode parar para observar que alguma atividade social poderá estar mais próxima a seu alcance que outras.

Talvez você tenha amigos que tenham os mesmos interesse social que você e desejam unir forças para realizar o bem, ou até mesmo poderá criar planos de criação de renda com a ONG através de doações públicas, venda de artigos e campanhas de ajuda social.

Existe muita gente que assim como nós, também tem muita vontade de ajudar o mundo mas não sabe como. Através de uma ONG, é mais fácil que o povo busque estas entidades com a segurança de que seu investimento será entregue utilizado em uma atividade social benéfica.